sábado, 14 de dezembro de 2013

Canções para crianças Fernando Lopes-Graça | Edições Althum

O Coro Infantil da Academia de Música de Santa Cecília interpreta composições musicais de Fernando Lopes-Graça para a infância, sobre poemas de Eugénio de Andrade (Aquela nuvem e outras), Matilde Rosa Araújo (Cançõezinhas da Tila) e textos tradicionais de Natividade (Presente de Natal para as crianças). 
 
Este CD traz-nos uma das facetas menos conhecidas e contudo surpreendente da obra de Lopes-Graça, a obra dirigida ao universo infantil, aqui interpretada por crianças e extraordinariamente enriquecida pela reprodução dos poemas que são cantados, ilustrados por desenhos que os alunos do 1.º ciclo da Academia de Música de Santa Cecíla criaram ao estudar os versos, em livro que acompanha o CD.



Para além dos poemas e desenhos das crianças, o livro traz ainda os textos de Teresa Cascudo (transcrito abaixo) e Vanda de Sá, o primeiro sobre a presente obra e os segundos sobre a vida e obra de Fernando Lopes-Graça («A música enquanto gesto político», «A música enquanto gesto social», «A música enquanto gesto de amor»).




        «Lopes-Graça é autor de uma obra coesa e marcante, onde se fala não apenas do «ser português» mas da própria essência do ser humano, nas suas alegrias e nas suas tragédias. Suportando heroicamente e a seu próprio custo todos os obstáculos, fez música e pensou sobre a música em Portugal, confiante em que outros iriam juntar as suas vozes à dele. Ofereceu um exemplo público de integridade, advogando pela democratização de uma arte que, ainda hoje, parece estar vedada ao grande público. Era impossível que o mundo da infância não lhe interessasse. E, no entanto, para aqueles em quem a imagem de Lopes-Graça se resume às Canções Heróicas e às harmonizações corais de música tradicional, pode resultar surpreendente a ternurenta figura que se define através da audição das peças incluídas neste cd.
A séria «militância da cultura» (na expressão de António Pedro Pita) deste compositor contrasta nitidamente com estes deliciosos e expressivos momentos musicais. Lopes-Graça deixou neles a sua assinatura inconfundível, dedicando-os às crianças mas também, como é o caso de Aquela Nuvem e Outras, aos adultos que não se esqueceram de ser crianças.»
Teresa Cascudo

Texto integrado no livro que acompanha o CD


Editor: Althum

Ano de edição: 2013

Formato: 14x12

Encadernação: Digibook

Páginas: 64 a quatro cores

Classificação: Pequenos Tesouros

ISBN: 9789896830465

Preço Capa - 18.99€



sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Nadir Afonso - expoente da Arte Portuguesa do séc XX

«A exatidão das formas é sentida pela sensibilidade  e  apenas  é  possível  de  ser  compreendida pelo raciocínio».

«Só  trabalhando  profundamente  as  formas  é possível sentir profundamente a arte».

«A natureza não faz previsões: o homem é que faz.  É  por  desconhecer  esta  verdade  natural que caímos no erro da existência do tempo».

Nadir Afonso

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Livro "Quem vê corações" | Isabel Leal | Edições Afrontamento

Sinopse
Este  é um  livro sobre  a vida em todas  as suas  dimensões. No virar de cada página  lateja  um  coração,  em  imagens  e  em  palavras.  Para  a  autora, fotografar  esse  símbolo  universal,  nos  mais  diversificados  contextos, ganhou  mais  sentido  ao  ser  partilhado  com  os  amigos.  Estes  foram convidados  a  abraçar  a  ideia,  através  do  facebook,  participando  de diversas formas, entre elas, a escrita. 

Sobre a autora
Isabel  Leal  é  professora,  licenciada  em  Animação  Comunitária  e  Educação  de  Adultos  e  Mestre  em  Educação, Desenvolvimento  Local  e  Mudança  Social.  Entre  as  múltiplas  atividades  que  desenvolve  estão  a  música,  a  escrita  e  a fotografia. No ensino, trabalha neste momento em alfabetização de adultos em contexto prisional.
Quem vê corações, o seu projeto fotográfico agora em livro, estreitou os laços do coração com a Galiza, permitindo a realização  de  diversas  exposições  fotográficas,  nos  últimos  dois  anos,  que  vieram  a  dar  origem  a  um  projeto  mais amplo, «CoraSons», envolvendo um grupo de amigos músicos e atores de vários países. 


«(…) Este livro, precioso de descobertas, prova com irrefutabilidade científica que  o  coração  se  move  nos  interstícios  do  alheamento,  se  reinventa continuamente  até  darmos  por  ele  no  peito  do  Mundo.  No  batimento  de  cada página  eis  ritmos  indizíveis,  invisíveis,  onde  o  amor  se  deposita  suavemente, 
acumula  juros,  à  espera  da  nossa  fortuita  avidez  de  enriquecimento  interior. 

Um  livro  tecido  pelos  mil  corações  obvolvidos  da  Isabel,  com  o  coração  do Mundo,  para  o  coração  que  é  nosso.  Cabem  nele  todos  os  corações  que existem  e  hão-de  existir.  Por  isso  este  livro  não  é  para  ler,  mas  sim  para transplantar. E amar, então, até à página derradeira»
Renato Filipe Cardoso

TÍTULO DA OBRA: Quem Vê Corações
NÚMERO PÁGINAS:204
COLECÇÃO: Álbuns,136
FORMATO:24,5 X 16 cm
PESO:810 grs
ENCADERNAÇÃO: Cartonado
PVP S/ IVA: 15,10 Euros
PVP C/ IVA:16,00 Euros
ISBN: 9789723613384

Livros | Novidades Dezembro














TITULO ISBN P c/IVA P S/IVA
Novidades


Escrevo Para Ajustar Contas com a Imperfeição 9789898364500 15,50 € 14,62 €
O Mar a Mar a Póvoa - II 9789898364531 23,50 € 22,17 €
Poemas com Veneno e Asas Frias 9789898364371 45,00 € 42,45 €
Histórias de Natal 9789728908607 12,00 € 11,32 €
Aqui se conta a História de dois Almocreves 9789728908560 12,00 € 11,32 €
A Fome Apátrida das Aves 9789898364449 19,00 € 17,92 €
Bruxas & feiticeiros 9789723613414 17,00 € 16,04 €
Quem vê Corações… 9789723613384 16,00 € 15,09 €
O Amante de Lady Chatterley 9899525300174 28,50 € 26,89 €
LOPES GRAÇA 9789896830465 18,99 € 17,92 €
POESIA & MINUSCULA MORALIA 9789898364074 18,50 € 17,45 €








Re - Lançamento


MENINO COMO EU 9789899747449 10,00 € 9,43 €

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Encontro com Dori e Pancho Guedes | João Manuel Neves | Teodolito

SINOPSE
Ao longo desta viagem no tempo, Pancho Guedes vai evocar os primeiros contactos com a pintura, o encontro com Dori e os tempos da universidade, entre os artistas e estudantes da  avant-garde de Joanesburgo nos anos 1940. 



Pancho fala do cubismo, dos muralistas mexicanos, das formas africanas e sobretudo do surrealismo, como influências na sua conceção da arte e da criatividade humana. Recorda os primeiros projetos de arquitetura após o regresso a Lourenço Marques e o rápido reconhecimento mundial do seu génio nos quinze anos seguintes. 

Dori e Pancho relembram a sua casa da rua de Nevala, os inúmeros convidados e amigos, artistas, escritores, arquitetos que por ela passaram, e as relações de amizade com o pintor Malangatana Ngwenya e com o escritor Luís Bernardo Honwana. 

Pancho evoca também a colaboração com a Missão Presbiteriana Suíça e com Eduardo Mondlane. Este testemunho revela a extraordinária visão de Pancho enquanto arquiteto, artista e promotor, constituindo um documento essencial para se compreen-der o meio da cultura e das artes do Moçambique colonial no pós-guerra.

SOBRE O AUTOR
João Manuel Nevesé doutorando em Études du Monde Lusophone na Universidade da Sorbonne Nouvelle, Paris 3. 
Master sobre a obra literária de Luís Bernardo Honwana na Universidade da Sorbonne, Paris 4. Pesquisa sobre 
literatura portuguesa e discurso colonial em relação com Moçambique. Artigos publicados em  Research in African 
Literatures,  Revue du CREPAL (Centre de Recherches sur les Pays de Langue Portugaise, Paris),  Avanços em 
Literatura(Associação Internacional de Lusitanistas), Publications de l’École Doctorale 122, Paris 3

ANO DE EDIÇÃO: 2013
NÚMERO PÁGINAS:144
COLECÇÃO: Vidas, 5
FORMATO:16 X 24 cm
PESO:250 grs
ENCADERNAÇÃO:brochado
Chancela : Teodolito
PVP C/ IVA:12,00 Euros
ISBN: 9789723613346

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

A caminho de tão longe - Margarida Madeira | Edições Afrontamento

Sinopse
Cansada do mundo desenvolvido e não lhe bastando as descrições dos livros, sonhava com o Mekong e com as suas aldeias flutuantes, com o silêncio do deserto africano, com a cultura milenar da Índia, seus ritos e suas crenças.

Necessitava de sentir outros odores, outros sabores, outras emoções, outra música. Rumou para bem longe e mergulhou noutras culturas, religiões e modos de vida.

As vivências em países onde o quotidiano é mais duro e os direitos básicos não estão assegurados tornou-a mais grata à vida, mais pacífica… ou talvez não… O que mais a encantou foi a fruição da natureza, a serenidade no despojamento, a alegria na pacatez, bens preciosos de quem tem pouco a ver com a materialidade.


Sobre a autora
Margarida Madeira, nasceu em Coimbra em 1950. É professora do Ensino Secundário em Coimbra, cidade onde reside. 
Iniciou a sua actividade fotográfica em 2003.Fez formação em fotografia com António Pinto, Paulo Abrantes e Susana 
Paiva, tendo frequentado cursos de fotografia analógica, digital e fotojornalismo em Coimbra, fotografia de teatro em 
Montem or-o-Velho e fotografia e arte contemporânea na Fundação Calouste Gulbenkian. Participou na 2ª Bienal de 
Porto Santo em 2007; na exposição “De Corpo e Alma”, no Panteão Nacional , em 2008 e na exposição “Sete olhares 
sobre Exercícios de Botânica”, na “Casa da Esquina”, em Coimbra, em 2008.  Foi publicada na revista Foto Digital, em 
2008. Está representada em colecções públicas e particulares.

ANO DE EDIÇÃO: 2013
NÚMERO PÁGINAS: 124
COLECÇÃO:  Álbuns,136
FORMATO: 28 X 30 cm
PESO: 1.050 grs
ENCADERNAÇÃO: Cartonado
EDITOR : Edições Afrontamento
PVP C/ IVA: 28,00 Euros
ISBN: 9789723613377

O Corpo de Delito – A ideia do futuro e a questão cultural Portuguesa


O Corpo de Delito


“O testemunho de uma experiência que talvez nos ajude a perceber, pelo prisma cintilante da cultura, a génese dos caminhos políticos que seguimos e das teias que tecemos: uma revisita desde a acção cultural possível no final do anterior regime, prosseguindo pelo fluxo e o refluxo da Revolução de Abril, até aos labirintos da actualidade do estado da nação.”




SOBRE O AUTOR

Vasco Pinto Leite nasceu em Lisboa a 6 de Abril de 1936. Formou-se em 1959 em engenharia civil pelo Instituto Superior Técnico. A par da sua actividade profissional como engenheiro civil, dedicou-se, desde a segunda metade dos anos 60 até 1974, à  realização e divulgação de filmes não profissionais, com projecções e debates por  todo  o  país,  bem  como  à  organização  da  actividade,  em Portugal  e  nos  territórios  de Angola  e  Moçambique  e,  ainda,  nas relações internacionais do movimento.




ANO DE EDIÇÃO : 2013

NÚMERO PÁGINAS: 560

FORMATO : 22 X 18 X 3.3 cm

ENCADERNAÇÃO: Brochado

Editora : Lápis de Memórias

ISBN : 9789898674012


PVP C/ IVA : 28,00 Euros