sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Novidades Novembro 2013





 










 














Novidades


29 O Corpo de Delito Lápis de Memória 9789898674012 28,00 €
1 Encontro com Dori e Pancho Guedes Afrontamento 9789723613346 12,00 €
111 O Último Olhar de Manú Miranda Teodolito 9789898580177 18,00 €
1 Os Caminhos Habitados Afrontamento 9789723613230 12,00 €
13 Diamandongo Letras & Coisas 9789728908591 10,00 €
3 Segmentos DERIVA 9789898701008 12,00 €
3 Dos Espaços Confinados DERIVA 9789729259996 13,00 €
1 A caminho de tão longe Afrontamento 9789723613377 28,00 €











Re - Lançamento


1 O Mundo em que Vivi Afrontamento 9789723605358 12,00 €
3 MAGICRESORT(Romance)-FlorenciaAbbate-DERIVA Deriva 9789729250767 9,00 €
3 Nenhum Lugar DERIVA 9789729250750 12,00 €
7 Pensar como uma montanha Sempre-em-pé 9789728870102 18,17 €
13 Puku Letras & Coisas 9789728908188 10,00 €
13 Justica Letras & Coisas 9789728908195 10,09 €
37 D. Afonso Henriques, meu Pai Modo de Ler 9789898364180 20,00 €
37 Poesia, Eugénio de Andrade Modo de Ler 9789898364173 45,00 €
37 Prosa, Eugénio de Andrade Modo de Ler 9789898364166 30,00 €
37 Traduções, Eugénio de Andrade Modo de Ler 9789898364326 38,50 €
37 Oferenda Modo de Ler 9789898364418 22,50 €
37 O Aquário de Deus Modo de Ler 9789899525320 59,00 €

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Dimandongo, O Morcego dos Três Nomes. UMA FÁBULA ANGOLANA


Sinopse
Aqui se conta a história de Dimandondo, o morcego. Os chefes dos animais da terra e os chefes dos  pássaros queriam cobrar-lhe imposto. Habilmente, Dimandondo responde aos primeiros: 'Como vou pagar imposto, tenho asas, não piso caminho'. Com os segundos, argumenta: 'Eu não sou como os outros pássaros, eu tenho dentes, não posso pagar imposto ao chefe dos pássaros'. E é por essa razão que o morcego anda de noite para não ter que responder pelos seus impostos. 

Uma 'estória' magistralmente contada por um sábio contador de estórias: Luandino Vieira. Com ela se encerra a série de fábulas angolanas escritas por Luandino para a Letras e Coisas. São agora, no total, sete.O sabor africano do imaginário da história, da ilustração (do próprio Luandino Vieira) e da linguagem tornam este livro aconselhável a todas as Escolas que se preocupam com a interculturalidade.


Luandino Vieira (1935) é talvez o maior escritor angolano, a quem as novas gerações de escritores veneram como inspirador e mestre.

Em 2006 foi-lhe atribuido o prémio Camões, o maior galardão literário da língua portuguesa. 

Luandino recusou o prémio, alegando na altura 'motivos íntimos e pessoais'. Mais tarde viria a esclarecer que a sua não aceitação do prémio se deveu ao facto de se considerar um escritor morto e, como tal, deveriam dá-lo a alguém que estivesse activo e a produzir.




Género: Conto
Destinatários: 2º Ciclo
Ano de edição: 2013
Número de páginas: 16
Formato:23x22x0,8 cm
Peso: 270 grs
Encadernação:cartonado
ISBN: 978-972-8908-59-1
PVP:10 euros

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Sete artistas /sete poetas




TITULO EDITOR ISBN P c/IVA
Sete artistas /sete poetas Modo de ler 9789898364265     185,00 €

Os quadros portuenses | Agustina Bessa-Luís - António Cruz




TITULO EDITOR ISBN P c/IVA
Os quadros portuenses Modo de ler 9789898364081     185,00 €

Levantando do chão | José Saramago




TITULO EDITOR ISBN P c/IVA
Levantando do chão Modo de ler 9789899605008     125,00 €

Abel Salazar O Médico / O Cientista / O Artista / O Cidadão.

Abel Salazar
O Médico / O Cientista / O Artista / O Cidadão.

Apresentação de Artur Santos Silva, Guilherme d’Oliveira Martins, Miguel Veiga, Vasco Graça Moura e Óscar Lopes.
Recolha de textos e Ilustrações por Helena Guimarães.
Direcção gráfica de Armando Alves.

Coordenação de José da Cruz Santos.


Sinopse

Nesta obra, além dos textos de apresentação, são incluídos muitos outros, de personalidades de várias áreas da sociedade, sobre Abel Salazar e reproduzidos 121 trabalhos do autor e muitas fotografias. Inclui também uma breve sinopse histórico-cultural ao redor de Abel Salazar, desde a sua vida activa até à morte.

Sobre o Autor:

Abel Salazar nasceu em Julho de 1889. Concluiu o Curso de Medicina com a classificação máxima de 20 valores e, 1915. Foi, com apenas 30 anos de idade, Professor Catedrático da Faculdade de Medicina do Porto. Criou o Instituo de Histologia onde realizou um excepcional trabalho de investigação, sendo os seus estudos publicados mas mais prestigiadas revistas cientificas internacionais. Além de médico e cientista, revelou-se como um notável pintor e escultor, pensador e escritor. Como Pintor, Abel Salazar espelhou na sua obra uma grande atracção pelas mulheres anónimas de trabalho heroico e árduo, reflexo da consciência social do seu tempo. A sua atracção pelo povo reflecte bem a sua atitude solidária com os mais desfavorecidos que procurou sempre valorizar e exaltar.



Numero de páginas: 182

Formato: 32x27,5 cm

Peso: 1.665kg.

Encadernação: Cartonagem de origem

PVP com IVA: 72,50€

ISBN: 978-989-8364-04-3

António Cruz – Edição do Centenário

António Cruz – Edição do Centenário

Apresentação de Miguel Veiga
Recolha de textos e ilustrações por Laura Castro.
Direcção gráfica de Armando Alves

Coordenação de José da Cruz Santos



Sinopse


António Cruz nasceu no Porto, aqui estudou pintura e escultura, aqui foi professor, e foi neste lugar que desenvolveu uma longa carreira artística que atravessou meio século XX. O Porto não foi só o lugar onde se formou e onde viveu, foi também o principal motivo da sua obra e, e deste modo tornou-se num objecto permanentemente, continuadamente recriado. António Cruz, não sendo considerado uma das figuras mais representativas no panorama da história da arte no século XX, atingiu um estatuto de referência. A presente edição, ao oscilar entre o modelo do Álbum e o da fotobiografia, procura equilibrar a reprodução de obras com a integração de material documental.

Sobre o autor:

António Cruz nasceu no Porto em Março de 1907. Frequentou a Escola Industrial Infante D. Henrique onde concluiu o Curso de Condutor de Máquinas. Incentivado a pintar, desloca-se dentro da cidade e nos arredores para registar aspectos da paisagem como alguns dos primeiros  locais representados nas suas obras iniciais. Em 1928 realiza alguns dos primeiros trabalhos de publicidade e ilustrações de livros escolares. Em 1930 matricula-se na Escola de Belas Artes do Porto sem conhecimento dos pais. Em 1939 conclui o Curso de Pintura. Obtem vários prémios de pintura e escultura e participa em várias exposições. Em 1956 Manoel de Oliveira realiza o filme O Pintor e Cidade que tem como personagem principal a figura do Pintor António Cruz, filme apresentado no festival de Veneza.



Numero de páginas: 180

Formato: 32x27,5 cm

Peso: 1,655kg

Encadernação: Cartonagem de origem


PVP com IVA: 72,50€

ISBN: 978-989-95253-1-3

Daqui Houve Nome Portugal Antologia de verso e prosa sobre o Porto Organizada e prefaciada por Eugénio de Andrade

Daqui Houve Nome Portugal
Antologia de verso e prosa sobre o Porto
Organizada e prefaciada por Eugénio de Andrade
Direcção Gráfica de Armando Alves

100 textos – 21 pinturas – 105 fotografias – 23 gravuras

versão Portuguesa e Inglesa


Sinopse

Uma antologia ilustrada de textos literários onde os 1100 anos de baptismo cristão ganham corpo visível e palpitante. Lê-se ou folheia-se com uma adesão estranhamente saudosa a tanta vida, não se sabe a que ponto vivida por nós ou por outrem – como quem percorre um Álbum fotográfico, de família, com notas confidenciais de várias mãos. O Porto torna-se pessoa, acentua-se-lhe o carácter, nesta intimidade das suas memórias e impressões, do mais belo retrato das suas  pedras e gentes.

Os autores

Textos assinados por Fernão Lopes, Zurara, Camões, Fr. Luis de Sousa, Garrett, Herculano, Camilo, Arnaldo Gama, Ramalho, Julio Dinis, Oliveira Martins, Eça de Queirós, Alberto Pimentel, António Nobre, Raul Brandão, Pascoaes, Aquilino, Almada Negreiros, José Régio, Gomes Ferreira, Torga, Nemésio, Jorge de Sena, Agustina, etc.

Edição em português e inglês

Numero de páginas: 504

Formato: 22x18 cm

Peso: 1,900 kg

Encadernação: encadernado e com sobrecapa

PVP com IVA 85,00€

ISBN: 978-989-96050-7-7  (edição em português)

ISBN: 978-989-96050-6-0 (edição em inglês)

Artistas Retratam Escritores que Retratam Artistas


Prefácio de José-Augusto França
Direcção Gráfica de Armando Alves.
Coordenação de José da Cruz Santos



Sinopse

Entre o auto-retrato e o retrato de outrem, régio, burguês ou mundano, popular ou anónimo, por encomenda, oficio ou prazer, cabe uma espécie particular em que os retratados sobre os retratistas escrevem ou, por assim literariamente dizer, os retratam também e de propósito. Esta antologia de 17 retratos, pintados e escritos, em vice-versa de amizades e admirações – que em muitos casos , o autor igualmente ou mais ou menos partilha, confessando só ignorância três ou quatro vezes, de um lado ou do outro. 

Os autores:

Escritores: Almeida Faria, António Ramos Rosa, Baptista-Bastos, Bernardo Pinto de Almeida, Eugénio de Andrade, Fernando Lanhas, Fernando Pessoa, Francisco Duarte Mangas, Jorge Sousa Braga, José Saramago, José Viale Moutinho, Luisa Dacosta, Manuel António Pina, Mário Cláudio, Mário de Carvalho, Urbano Tavares Rodrigues e Vasco Graça Moura.

Artistas: Luis Manuel Gaspar, Luisa Gonçalves, João Abel Manta, Mário Cesariny, Julio Resende, Fernando Lanhas, Almada Negreiros, José Emidio, Albuquerque Mendes, Armando Alves, Siza Vieira, Cristina Valadas, José Luis Darocha, Jorge Pinheiro, Rogério Ribeiro, Armanda Passos e José Rodrigues.




Numero de Páginas: 88

Formato:  34x24 cm

Peso: 1420 gr

Encadernação: folhas soltas, apresentadas em estojo próprio de cartão.

PVP com IVA: 75,00€

ISBN: 978-989-95253-3-7

Outros Territtótios do Vinho




TITULO EDITOR ISBN P c/IVA
Outros Territtótios do Vinho Modo de ler 9789898364425       38,50 €


Edição com 2 Garrafas

TITULOEDITORISBNP c/IVA
Outros Territtótios do VinhoModo de ler9789898364425      89,50 €

25 Obras-prima da poesia portuguesa






TITULO EDITOR ISBN P c/IVA
25 Obras-prima da poesia portuguesa Modo de ler 9789899525308     145,00 €