quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Bartleby & Companhia | Enrique Vila-Matas | Teodolito


A  ideia  de  rastrear  a  literatura  do  Não,  a  de  Bartleby  e  companhia, nasceu na passada terça-feira no escritório, quando me pareceu que a secretária do chefe dizia a alguém pelo telefone:

— O senhor Bartleby está em reunião.

Ri-me  sozinho.  É  difícil  imaginar  Bartleby  reunido  com  alguém, mergulhado,  por  exemplo,  na  pesada  atmosfera  de  um  conselho  de administração.  Mas  não  é  tão  difícil  — é  o  que  me  proponho  fazer 
neste  diário  de  notas  de  rodapé  — reunir  um  bom  punhado  de bartlebys,  quer  dizer,  um  bom  punhado  de  escritores  tocados  pelo Mal, pela pulsão negativa.





Na  sua  pena,  a  literatura  converte-se  em bastante  mais  do  que  uma  ocupação,  do que um simples meio de expressão e, até, do que uma maneira de viver.

Raphaelle Rérolle, Le Monde



Não  nos  resta  mais  do  que  desfrutar  do humor  negro  de  um  funâmbulo  que caminha sobre um fio que não existe.

Paolo Mauri, La Repubblica



Quem  é  na  realidade  Enrique  Vila  Matas? O  escritor  minoritário  mais  conhecido  do mundo, o dandyexcêntrico mais generoso com  que  nos  tenhamos  cruzado,  um ansioso célebre?

Les Inrockuptibles



[…] Depois de vinte e cinco anos de silêncio, decidi por fim voltar a  escrever,  a  escrever  sobre  os  diferentes  segredos  últimos  de alguns  dos  mais  apelativos  casos  de  criadores  que  renunciaram  à 
escrita.


ANO DE EDIÇÃO: 2013

NÚMERO PÁGINAS:160

COLECÇÃO: Teodolito

FORMATO:16,5 X 23,5 cm

PESO: 290grs

ENCADERNAÇÃO:brochada

PVP C/ IVA: 13,00 Euros

ISBN: 9789898580146

Novidades Outubro













TÍTULO AUTOR EDITORA COD. BARRAS PVP
O Tango Holandês Rodrigues, Carlos M. Lapis de Memórias 9789898674029 18,00 €
LEAN – Gestão no Chão de Fábrica Suzaki, kiyoshi Leanop 9789892040691 29,96 €
O Mundo Ordenado e Acessivel das Formas da Arquitectura Rodrigues, José Miguel Afrontamento 9789723613315 20,00 €
Sócio-antropologia rural e urbana Silva, Manuel Carlos Afrontamento 9789723612462 18,00 €
Curso de Filosofia em seis horas e um quarto Gombrowicz, Witold Teodolito 9789898580009 10,00 €
Uma Boa Razão para se matar Besson, Phillippe Teodolito 9789898580139 13,00 €
Bartleby & Companhia Vila-Matas, Henrique Teodolito 9789898580146 13,00 €
Camilo e os Médicos Lemos, Maximiano Modo de Ler 9789898364364 24,50 €
Poemas- é domingo Figueiredo, Guilherme Modo de Ler 9789898364487 12,00 €
66 Poemas e onze Repetições D`Eulália, Francisco Modo de Ler 9789898364456 18,50 €

Uma boa razão para se matar | Philippe Besson | Teodolito





“Não tive escolha, perdão.”


"Um escritor reconhece-se pela força das suas obsessões. Assim acontece com Phillippe Beson que, de livro em livro, aprofunda as suas interrogações sobre a escrita, a criação, a solidão e os laços familiares e amorosos."

“Um contador de histórias… Um fabricante de sonhos”

Dominique Fernandez, Le Nouvel Observateur


ANO DE EDIÇÃO: 2013

NÚMERO PÁGINAS:216
COLECÇÃO: Teodolito
FORMATO:16,5 X 23,5 cm
PESO:350 grs
ENCADERNAÇÃO:brochada

PVP C/ IVA: 13,00 Euros

ISBN: 9789898580153



Lançamento Outubro













TÍTULO AUTOR EDITORA COD. BARRAS PVP
Ex Aequo 27 Pinto, Teresa Afrontamento 977087455600227 14,00 €
Por terras de Entre-Douro-e-Minho com as Inquirições de D. Afonso Gonçalves, Iria Afrontamento 9789723612813 19,00 €
Nicolau de Cusa André, João Maria Afrontamento 9789723612899 18,00 €
O Balão Martins, Albano Afrontamento 9789723613209 10,00 €
A Estrela Coralina Martins, Albano Afrontamento 9789723613025 10,00 €
Kiombokiadimuka e aLiberdade Vieira, José Luandino Letras & Coisas 9789728908119 10,09 €
Kaputu Kinjila e o sócio dele Kambaxi Kiaxi Vieira, José Luandino Letras & Coisas 9789728908201 10,10 €
Dicionário de Matemática Elementar Baruk, Stella Afrontamento 9789723607673 75,72 €
Utopia, Diversidade e Tolerância Araújo, Joaquim Machado Afrontamento 9789723612660 16,00 €
O Primeiro dia Santos, José da Cruz Modo de Ler 9789898364395 19,00 €

sábado, 19 de outubro de 2013

Os Ovos Misteriosos | Luísa Ducla Soares, Manuela Bacelar


Os Ovos Misteriosos” de Luísa Ducla Soares e Manuela Bacelar,  a história de uma galinha e da sua estranha ninhada: um papagaio, uma avestruz, uma serpente, um crocodilo e um pinto.

Uma história ternurenta, didáctica e divertida que nos fala das diferenças e do amor incondicional entre pais e filhos.




Os Ovos Misteriosos
Luísa Ducla Soares, Manuela Bacelar

Editor: Edições Afrontamento

ISBN: 9789723603385

PVP: 9,50€ 

Faixa etária: a partir dos 6 anos






Trabalho realizado pelos alunos dos 1º e 4º anos da EB1 de Vale da Pedra.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Alves Redol. Fotobiografia. Fragmentos | Edições Althum

Alves Redol. Fotobiografia. Fragmentos biográficos foi concebido e executado por António Mota Redol, filho do consagrado escritor, que assim traz a público numerosas fotografias, documentos e detalhes biográficos até agora conservados no espólio familiar.


A obra, profusamente ilustrada e incluindo várias imagens e documentos inéditos, constrói-se em torno de uma extensa cronologia em que seguimos ano a ano, desde a infância, a vida familiar, pessoal, literária e cidadã de Alves Redol. Com ela, é também um pouco do Portugal da época que aqui se revela.

Uma selecção de fragmentos dos romances, entrevistas, textos e palestras de Alves Redol contendo elementos autobiográficos foi realizada para esta obra por Vítor Viçoso, professor aposentado da Universidade de Lisboa, estudioso da literatura portuguesa.

Alves Redol. Fotobiografia. Fragmentos biográficos inclui ainda uma lista de todas as primeiras edições das obras de Redol com reprodução das suas capas, muitas delas da autoria de Manuel Ribeiro de Pavia, bem como de algumas de traduções noutras línguas.

Sobre o escritor


Alves Redol (1911-1969) foi uma figura cimeira da literatura portuguesa do século XX e um dos definidores, com os seus romances, da corrente artística do Neo-Realismo. Obras como Gaibéus, Avieiros, Fanga, Horizonte Cerrado, A Barca dos Sete Lemes, Barranco de Cegos, entre muitas outras, foram das mais vendidas na época e das mais requisitadas para bibliotecas locais. Alves Redol escreveu também para o teatro, o cinema, a rádio e a imprensa. Manteve uma intensa intervenção cívica e política, com destaque nas colectividades populares e na oposição à ditadura. Depois de 1974, a sua obra Constantino, Guardador de Vacas e de Sonhos foi utilizada durante muitos anos no ensino do Português nas escolas. Vários livros infantis e romances seus foram e ainda hoje são leitura recomendada nos programas escolares.

Edições Althum


TÍTULO AUTOR EDITORA COD. BARRAS PVP S/ IVA PVP
ALVES REDOL, FOTOBIOGRAFIA REDOL, ANTÓNIO MOTA ALTHUM 9789896830205 28,30 € 30,00 €



quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Lettera Amorosa - Iluminações e Sombras | Joana Lapa | Edições Afrontamento

Lettera Amorosa: este belo título, ao mesmo tempo familiar e estranho, lança a imaginação do leitor em diversas direções, com risco de o perturbar. 

Para mim, leitor francês, ele remete evidentemente para a Lettera Amorosa de René Char, publicada em 1953 e retomada em A palavra em arquipélago em 1962. 




O longo poema em prosa foi-lhe inspirado por uma obra de Claudio Monteverdi, o músico que no século XVI abriu a era do que chamamos hoje o Barroco. Joana Lapa conhece-o bem, por vezes evoca-o, cita-o. 

Mas há, entre ela e ele, uma diferença fundamental. A queixa do poeta francês é a de um homem, o seu universo é tipicamente masculino. O amor que canta, murmura ou grita Joana Lapa, o que exprime toda a mulher poeta, é completamente diferente, é mais global, mais universal e, em certo sentido, mais violento. 

O que o amante oferece à amada é, diz ela, «o corpo da minha alma, a alma do meu corpo».

Sobre apresentadores

Robert Bréchon(1920-2012), professor titular de letras, diretor de liceu, adido cultural, foi diretor do Instituto Francês  de Lisboa de 1962 a 1968. Paralelamente à sua carreira profissional que o fez viajar em França e no estrangeiro, nunca deixou de se dedicar à poesia, ao ensaio, à ficção e à crítica literária. Depois da sua estreia literária em 1946, na revista  Seine, foi colaborador de diversas publicações, nomeadamente da revista  Colóquio Letras. Dois encontros marcaram o seu percurso e a sua obra: com Henri Michaux, em 1956, e com Fernando Pessoa, em 1962, decisivo para a sua obra. Tentou difundir em França as obras de Eça de Queirós, Vergílio Ferreira e António Ramos Rosa.

Dedicou-se à difusão da glória de Fernando Pessoa em França e na Europa, publicando sucessivamente, de 1988 a 1996, nove volumes das suas obras. O seu último, intitulado  Le voyageur immobile, foi publicado nas edições Aden em 2002, que em 2003 editariam a antologia da sua obra poética que deu origem ao
presente livro: Échos, Reflets, Mirages.

Joana Lapa publicou os seus primeiros poemas em jornais e revistas como  Sema,  Silex e  Nordés dirigida pela poetisa espanhola (Galiza) Luz Pozo Garza e em 2003 o livro de poesia em versão bilingue (portu-guês/francês)  Dias de Seda/ Jours de Soie, com catorze originais de Júlio Resende e prefácios de Robert Bréchon e de Eugénio Lisboa. A obra de António Ramos Rosa é uma referência fundamental da sua poesia, bem como a cultura francesa e o diálogo com a arte que desenvolve há mais de duas décadas.  No seu percurso, pensamento racional e intuição, discurso crítico e expressão poética alimentam-se mutuamente e associam-se a aspetos diversos da sua personalidade e da sua criação.
Prepara a publicação de um novo livro de poesia,  Deusa da Transparência com fotografias de sua autoria e
apresentação de Robert Bréchon e ainda de Em Busca do Amor Perdido Cartas de Amor de Desconhecidos no Bilhete Postal e na Poesia entre 1900 e 1920,  com prefácios de Eduardo Lourenço e de Fernando Guimarães.

ANO DE EDIÇÃO: 2013
NÚMERO PÁGINAS: 245
COLEÇÃO: Obscuro Domínio, 5
FORMATO:16 X 23 X 1 cm
PESO:440 grs
ENCADERNAÇÃO:brochado
PVP S/ IVA: 16,98 Euros
PVP C/ IVA:18.00 Euros
ISBN: 9789723613032
LETTERA AMOROSA