quinta-feira, 20 de junho de 2013

Parecon – A vida depois do capitalismo, de Michael Albert

Os Simpsons e a 7 Nós apresentam Parecon – A vida depois do capitalismo, de Michael Albert o video aqui

"Parecon – A vida depois do capitalismo", de Michael Albert (7 Nós)
Sinopse:
"Parecon" parte de onde muitas vezes terminam as críticas que denunciam os atropelos ao humano causados pelo capitalismo. Assume que já não é necessário dissecar mais o cadáver em exposição que desfila diante e por entre a vida comum de milhões de pessoas. Parte dessa evidência para ensaiar uma visão sobre o que vem a seguir, numa vida social livre de mercantilismo e de instituições autoritárias, e para cartografar as linhas gerais que podem constituir uma outra forma de organizar a vida económica, de economia autogestionada e de democracia directamente exercida.
Traduzido em mais de vinte línguas e fenómeno popular, "Parecon" é uma construção teórica que sistematiza um conjunto de ferramentas que podem ajudar à implantação prática de uma sociedade alternativa, mas consciente que esses utensílios devem ser usados livremente, onde quer que sejam úteis em geografias variáveis (no local de trabalho, no bairro, na comunidade, na troca de bens), numa construção feita de baixo-para-cima, livre dos mercados e dos princípios anti-democráticos em que assenta o capitalismo.
Sobre o autor:
Michael Albert (Estados Unidos, 1947) escreve desde há 30 anos ensaios sobre política e economia. Desenvolveu com o economista Robin Hahnel a teoria económica denomidada economia participativa ou parecon. Noam Chomsky, Howard Zinn ou Arundhati Roy não têm poupado elogios ao autor e à sua obra mais emblemática.