sábado, 14 de dezembro de 2013

Canções para crianças Fernando Lopes-Graça | Edições Althum

O Coro Infantil da Academia de Música de Santa Cecília interpreta composições musicais de Fernando Lopes-Graça para a infância, sobre poemas de Eugénio de Andrade (Aquela nuvem e outras), Matilde Rosa Araújo (Cançõezinhas da Tila) e textos tradicionais de Natividade (Presente de Natal para as crianças). 
 
Este CD traz-nos uma das facetas menos conhecidas e contudo surpreendente da obra de Lopes-Graça, a obra dirigida ao universo infantil, aqui interpretada por crianças e extraordinariamente enriquecida pela reprodução dos poemas que são cantados, ilustrados por desenhos que os alunos do 1.º ciclo da Academia de Música de Santa Cecíla criaram ao estudar os versos, em livro que acompanha o CD.



Para além dos poemas e desenhos das crianças, o livro traz ainda os textos de Teresa Cascudo (transcrito abaixo) e Vanda de Sá, o primeiro sobre a presente obra e os segundos sobre a vida e obra de Fernando Lopes-Graça («A música enquanto gesto político», «A música enquanto gesto social», «A música enquanto gesto de amor»).




        «Lopes-Graça é autor de uma obra coesa e marcante, onde se fala não apenas do «ser português» mas da própria essência do ser humano, nas suas alegrias e nas suas tragédias. Suportando heroicamente e a seu próprio custo todos os obstáculos, fez música e pensou sobre a música em Portugal, confiante em que outros iriam juntar as suas vozes à dele. Ofereceu um exemplo público de integridade, advogando pela democratização de uma arte que, ainda hoje, parece estar vedada ao grande público. Era impossível que o mundo da infância não lhe interessasse. E, no entanto, para aqueles em quem a imagem de Lopes-Graça se resume às Canções Heróicas e às harmonizações corais de música tradicional, pode resultar surpreendente a ternurenta figura que se define através da audição das peças incluídas neste cd.
A séria «militância da cultura» (na expressão de António Pedro Pita) deste compositor contrasta nitidamente com estes deliciosos e expressivos momentos musicais. Lopes-Graça deixou neles a sua assinatura inconfundível, dedicando-os às crianças mas também, como é o caso de Aquela Nuvem e Outras, aos adultos que não se esqueceram de ser crianças.»
Teresa Cascudo

Texto integrado no livro que acompanha o CD


Editor: Althum

Ano de edição: 2013

Formato: 14x12

Encadernação: Digibook

Páginas: 64 a quatro cores

Classificação: Pequenos Tesouros

ISBN: 9789896830465

Preço Capa - 18.99€



sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Nadir Afonso - expoente da Arte Portuguesa do séc XX

«A exatidão das formas é sentida pela sensibilidade  e  apenas  é  possível  de  ser  compreendida pelo raciocínio».

«Só  trabalhando  profundamente  as  formas  é possível sentir profundamente a arte».

«A natureza não faz previsões: o homem é que faz.  É  por  desconhecer  esta  verdade  natural que caímos no erro da existência do tempo».

Nadir Afonso

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Livro "Quem vê corações" | Isabel Leal | Edições Afrontamento

Sinopse
Este  é um  livro sobre  a vida em todas  as suas  dimensões. No virar de cada página  lateja  um  coração,  em  imagens  e  em  palavras.  Para  a  autora, fotografar  esse  símbolo  universal,  nos  mais  diversificados  contextos, ganhou  mais  sentido  ao  ser  partilhado  com  os  amigos.  Estes  foram convidados  a  abraçar  a  ideia,  através  do  facebook,  participando  de diversas formas, entre elas, a escrita. 

Sobre a autora
Isabel  Leal  é  professora,  licenciada  em  Animação  Comunitária  e  Educação  de  Adultos  e  Mestre  em  Educação, Desenvolvimento  Local  e  Mudança  Social.  Entre  as  múltiplas  atividades  que  desenvolve  estão  a  música,  a  escrita  e  a fotografia. No ensino, trabalha neste momento em alfabetização de adultos em contexto prisional.
Quem vê corações, o seu projeto fotográfico agora em livro, estreitou os laços do coração com a Galiza, permitindo a realização  de  diversas  exposições  fotográficas,  nos  últimos  dois  anos,  que  vieram  a  dar  origem  a  um  projeto  mais amplo, «CoraSons», envolvendo um grupo de amigos músicos e atores de vários países. 


«(…) Este livro, precioso de descobertas, prova com irrefutabilidade científica que  o  coração  se  move  nos  interstícios  do  alheamento,  se  reinventa continuamente  até  darmos  por  ele  no  peito  do  Mundo.  No  batimento  de  cada página  eis  ritmos  indizíveis,  invisíveis,  onde  o  amor  se  deposita  suavemente, 
acumula  juros,  à  espera  da  nossa  fortuita  avidez  de  enriquecimento  interior. 

Um  livro  tecido  pelos  mil  corações  obvolvidos  da  Isabel,  com  o  coração  do Mundo,  para  o  coração  que  é  nosso.  Cabem  nele  todos  os  corações  que existem  e  hão-de  existir.  Por  isso  este  livro  não  é  para  ler,  mas  sim  para transplantar. E amar, então, até à página derradeira»
Renato Filipe Cardoso

TÍTULO DA OBRA: Quem Vê Corações
NÚMERO PÁGINAS:204
COLECÇÃO: Álbuns,136
FORMATO:24,5 X 16 cm
PESO:810 grs
ENCADERNAÇÃO: Cartonado
PVP S/ IVA: 15,10 Euros
PVP C/ IVA:16,00 Euros
ISBN: 9789723613384

Livros | Novidades Dezembro














TITULO ISBN P c/IVA P S/IVA
Novidades


Escrevo Para Ajustar Contas com a Imperfeição 9789898364500 15,50 € 14,62 €
O Mar a Mar a Póvoa - II 9789898364531 23,50 € 22,17 €
Poemas com Veneno e Asas Frias 9789898364371 45,00 € 42,45 €
Histórias de Natal 9789728908607 12,00 € 11,32 €
Aqui se conta a História de dois Almocreves 9789728908560 12,00 € 11,32 €
A Fome Apátrida das Aves 9789898364449 19,00 € 17,92 €
Bruxas & feiticeiros 9789723613414 17,00 € 16,04 €
Quem vê Corações… 9789723613384 16,00 € 15,09 €
O Amante de Lady Chatterley 9899525300174 28,50 € 26,89 €
LOPES GRAÇA 9789896830465 18,99 € 17,92 €
POESIA & MINUSCULA MORALIA 9789898364074 18,50 € 17,45 €








Re - Lançamento


MENINO COMO EU 9789899747449 10,00 € 9,43 €

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Encontro com Dori e Pancho Guedes | João Manuel Neves | Teodolito

SINOPSE
Ao longo desta viagem no tempo, Pancho Guedes vai evocar os primeiros contactos com a pintura, o encontro com Dori e os tempos da universidade, entre os artistas e estudantes da  avant-garde de Joanesburgo nos anos 1940. 



Pancho fala do cubismo, dos muralistas mexicanos, das formas africanas e sobretudo do surrealismo, como influências na sua conceção da arte e da criatividade humana. Recorda os primeiros projetos de arquitetura após o regresso a Lourenço Marques e o rápido reconhecimento mundial do seu génio nos quinze anos seguintes. 

Dori e Pancho relembram a sua casa da rua de Nevala, os inúmeros convidados e amigos, artistas, escritores, arquitetos que por ela passaram, e as relações de amizade com o pintor Malangatana Ngwenya e com o escritor Luís Bernardo Honwana. 

Pancho evoca também a colaboração com a Missão Presbiteriana Suíça e com Eduardo Mondlane. Este testemunho revela a extraordinária visão de Pancho enquanto arquiteto, artista e promotor, constituindo um documento essencial para se compreen-der o meio da cultura e das artes do Moçambique colonial no pós-guerra.

SOBRE O AUTOR
João Manuel Nevesé doutorando em Études du Monde Lusophone na Universidade da Sorbonne Nouvelle, Paris 3. 
Master sobre a obra literária de Luís Bernardo Honwana na Universidade da Sorbonne, Paris 4. Pesquisa sobre 
literatura portuguesa e discurso colonial em relação com Moçambique. Artigos publicados em  Research in African 
Literatures,  Revue du CREPAL (Centre de Recherches sur les Pays de Langue Portugaise, Paris),  Avanços em 
Literatura(Associação Internacional de Lusitanistas), Publications de l’École Doctorale 122, Paris 3

ANO DE EDIÇÃO: 2013
NÚMERO PÁGINAS:144
COLECÇÃO: Vidas, 5
FORMATO:16 X 24 cm
PESO:250 grs
ENCADERNAÇÃO:brochado
Chancela : Teodolito
PVP C/ IVA:12,00 Euros
ISBN: 9789723613346

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

A caminho de tão longe - Margarida Madeira | Edições Afrontamento

Sinopse
Cansada do mundo desenvolvido e não lhe bastando as descrições dos livros, sonhava com o Mekong e com as suas aldeias flutuantes, com o silêncio do deserto africano, com a cultura milenar da Índia, seus ritos e suas crenças.

Necessitava de sentir outros odores, outros sabores, outras emoções, outra música. Rumou para bem longe e mergulhou noutras culturas, religiões e modos de vida.

As vivências em países onde o quotidiano é mais duro e os direitos básicos não estão assegurados tornou-a mais grata à vida, mais pacífica… ou talvez não… O que mais a encantou foi a fruição da natureza, a serenidade no despojamento, a alegria na pacatez, bens preciosos de quem tem pouco a ver com a materialidade.


Sobre a autora
Margarida Madeira, nasceu em Coimbra em 1950. É professora do Ensino Secundário em Coimbra, cidade onde reside. 
Iniciou a sua actividade fotográfica em 2003.Fez formação em fotografia com António Pinto, Paulo Abrantes e Susana 
Paiva, tendo frequentado cursos de fotografia analógica, digital e fotojornalismo em Coimbra, fotografia de teatro em 
Montem or-o-Velho e fotografia e arte contemporânea na Fundação Calouste Gulbenkian. Participou na 2ª Bienal de 
Porto Santo em 2007; na exposição “De Corpo e Alma”, no Panteão Nacional , em 2008 e na exposição “Sete olhares 
sobre Exercícios de Botânica”, na “Casa da Esquina”, em Coimbra, em 2008.  Foi publicada na revista Foto Digital, em 
2008. Está representada em colecções públicas e particulares.

ANO DE EDIÇÃO: 2013
NÚMERO PÁGINAS: 124
COLECÇÃO:  Álbuns,136
FORMATO: 28 X 30 cm
PESO: 1.050 grs
ENCADERNAÇÃO: Cartonado
EDITOR : Edições Afrontamento
PVP C/ IVA: 28,00 Euros
ISBN: 9789723613377

O Corpo de Delito – A ideia do futuro e a questão cultural Portuguesa


O Corpo de Delito


“O testemunho de uma experiência que talvez nos ajude a perceber, pelo prisma cintilante da cultura, a génese dos caminhos políticos que seguimos e das teias que tecemos: uma revisita desde a acção cultural possível no final do anterior regime, prosseguindo pelo fluxo e o refluxo da Revolução de Abril, até aos labirintos da actualidade do estado da nação.”




SOBRE O AUTOR

Vasco Pinto Leite nasceu em Lisboa a 6 de Abril de 1936. Formou-se em 1959 em engenharia civil pelo Instituto Superior Técnico. A par da sua actividade profissional como engenheiro civil, dedicou-se, desde a segunda metade dos anos 60 até 1974, à  realização e divulgação de filmes não profissionais, com projecções e debates por  todo  o  país,  bem  como  à  organização  da  actividade,  em Portugal  e  nos  territórios  de Angola  e  Moçambique  e,  ainda,  nas relações internacionais do movimento.




ANO DE EDIÇÃO : 2013

NÚMERO PÁGINAS: 560

FORMATO : 22 X 18 X 3.3 cm

ENCADERNAÇÃO: Brochado

Editora : Lápis de Memórias

ISBN : 9789898674012


PVP C/ IVA : 28,00 Euros






sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Novidades Novembro 2013





 










 














Novidades


29 O Corpo de Delito Lápis de Memória 9789898674012 28,00 €
1 Encontro com Dori e Pancho Guedes Afrontamento 9789723613346 12,00 €
111 O Último Olhar de Manú Miranda Teodolito 9789898580177 18,00 €
1 Os Caminhos Habitados Afrontamento 9789723613230 12,00 €
13 Diamandongo Letras & Coisas 9789728908591 10,00 €
3 Segmentos DERIVA 9789898701008 12,00 €
3 Dos Espaços Confinados DERIVA 9789729259996 13,00 €
1 A caminho de tão longe Afrontamento 9789723613377 28,00 €











Re - Lançamento


1 O Mundo em que Vivi Afrontamento 9789723605358 12,00 €
3 MAGICRESORT(Romance)-FlorenciaAbbate-DERIVA Deriva 9789729250767 9,00 €
3 Nenhum Lugar DERIVA 9789729250750 12,00 €
7 Pensar como uma montanha Sempre-em-pé 9789728870102 18,17 €
13 Puku Letras & Coisas 9789728908188 10,00 €
13 Justica Letras & Coisas 9789728908195 10,09 €
37 D. Afonso Henriques, meu Pai Modo de Ler 9789898364180 20,00 €
37 Poesia, Eugénio de Andrade Modo de Ler 9789898364173 45,00 €
37 Prosa, Eugénio de Andrade Modo de Ler 9789898364166 30,00 €
37 Traduções, Eugénio de Andrade Modo de Ler 9789898364326 38,50 €
37 Oferenda Modo de Ler 9789898364418 22,50 €
37 O Aquário de Deus Modo de Ler 9789899525320 59,00 €

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Dimandongo, O Morcego dos Três Nomes. UMA FÁBULA ANGOLANA


Sinopse
Aqui se conta a história de Dimandondo, o morcego. Os chefes dos animais da terra e os chefes dos  pássaros queriam cobrar-lhe imposto. Habilmente, Dimandondo responde aos primeiros: 'Como vou pagar imposto, tenho asas, não piso caminho'. Com os segundos, argumenta: 'Eu não sou como os outros pássaros, eu tenho dentes, não posso pagar imposto ao chefe dos pássaros'. E é por essa razão que o morcego anda de noite para não ter que responder pelos seus impostos. 

Uma 'estória' magistralmente contada por um sábio contador de estórias: Luandino Vieira. Com ela se encerra a série de fábulas angolanas escritas por Luandino para a Letras e Coisas. São agora, no total, sete.O sabor africano do imaginário da história, da ilustração (do próprio Luandino Vieira) e da linguagem tornam este livro aconselhável a todas as Escolas que se preocupam com a interculturalidade.


Luandino Vieira (1935) é talvez o maior escritor angolano, a quem as novas gerações de escritores veneram como inspirador e mestre.

Em 2006 foi-lhe atribuido o prémio Camões, o maior galardão literário da língua portuguesa. 

Luandino recusou o prémio, alegando na altura 'motivos íntimos e pessoais'. Mais tarde viria a esclarecer que a sua não aceitação do prémio se deveu ao facto de se considerar um escritor morto e, como tal, deveriam dá-lo a alguém que estivesse activo e a produzir.




Género: Conto
Destinatários: 2º Ciclo
Ano de edição: 2013
Número de páginas: 16
Formato:23x22x0,8 cm
Peso: 270 grs
Encadernação:cartonado
ISBN: 978-972-8908-59-1
PVP:10 euros

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Sete artistas /sete poetas




TITULO EDITOR ISBN P c/IVA
Sete artistas /sete poetas Modo de ler 9789898364265     185,00 €

Os quadros portuenses | Agustina Bessa-Luís - António Cruz




TITULO EDITOR ISBN P c/IVA
Os quadros portuenses Modo de ler 9789898364081     185,00 €

Levantando do chão | José Saramago




TITULO EDITOR ISBN P c/IVA
Levantando do chão Modo de ler 9789899605008     125,00 €

Abel Salazar O Médico / O Cientista / O Artista / O Cidadão.

Abel Salazar
O Médico / O Cientista / O Artista / O Cidadão.

Apresentação de Artur Santos Silva, Guilherme d’Oliveira Martins, Miguel Veiga, Vasco Graça Moura e Óscar Lopes.
Recolha de textos e Ilustrações por Helena Guimarães.
Direcção gráfica de Armando Alves.

Coordenação de José da Cruz Santos.


Sinopse

Nesta obra, além dos textos de apresentação, são incluídos muitos outros, de personalidades de várias áreas da sociedade, sobre Abel Salazar e reproduzidos 121 trabalhos do autor e muitas fotografias. Inclui também uma breve sinopse histórico-cultural ao redor de Abel Salazar, desde a sua vida activa até à morte.

Sobre o Autor:

Abel Salazar nasceu em Julho de 1889. Concluiu o Curso de Medicina com a classificação máxima de 20 valores e, 1915. Foi, com apenas 30 anos de idade, Professor Catedrático da Faculdade de Medicina do Porto. Criou o Instituo de Histologia onde realizou um excepcional trabalho de investigação, sendo os seus estudos publicados mas mais prestigiadas revistas cientificas internacionais. Além de médico e cientista, revelou-se como um notável pintor e escultor, pensador e escritor. Como Pintor, Abel Salazar espelhou na sua obra uma grande atracção pelas mulheres anónimas de trabalho heroico e árduo, reflexo da consciência social do seu tempo. A sua atracção pelo povo reflecte bem a sua atitude solidária com os mais desfavorecidos que procurou sempre valorizar e exaltar.



Numero de páginas: 182

Formato: 32x27,5 cm

Peso: 1.665kg.

Encadernação: Cartonagem de origem

PVP com IVA: 72,50€

ISBN: 978-989-8364-04-3

António Cruz – Edição do Centenário

António Cruz – Edição do Centenário

Apresentação de Miguel Veiga
Recolha de textos e ilustrações por Laura Castro.
Direcção gráfica de Armando Alves

Coordenação de José da Cruz Santos



Sinopse


António Cruz nasceu no Porto, aqui estudou pintura e escultura, aqui foi professor, e foi neste lugar que desenvolveu uma longa carreira artística que atravessou meio século XX. O Porto não foi só o lugar onde se formou e onde viveu, foi também o principal motivo da sua obra e, e deste modo tornou-se num objecto permanentemente, continuadamente recriado. António Cruz, não sendo considerado uma das figuras mais representativas no panorama da história da arte no século XX, atingiu um estatuto de referência. A presente edição, ao oscilar entre o modelo do Álbum e o da fotobiografia, procura equilibrar a reprodução de obras com a integração de material documental.

Sobre o autor:

António Cruz nasceu no Porto em Março de 1907. Frequentou a Escola Industrial Infante D. Henrique onde concluiu o Curso de Condutor de Máquinas. Incentivado a pintar, desloca-se dentro da cidade e nos arredores para registar aspectos da paisagem como alguns dos primeiros  locais representados nas suas obras iniciais. Em 1928 realiza alguns dos primeiros trabalhos de publicidade e ilustrações de livros escolares. Em 1930 matricula-se na Escola de Belas Artes do Porto sem conhecimento dos pais. Em 1939 conclui o Curso de Pintura. Obtem vários prémios de pintura e escultura e participa em várias exposições. Em 1956 Manoel de Oliveira realiza o filme O Pintor e Cidade que tem como personagem principal a figura do Pintor António Cruz, filme apresentado no festival de Veneza.



Numero de páginas: 180

Formato: 32x27,5 cm

Peso: 1,655kg

Encadernação: Cartonagem de origem


PVP com IVA: 72,50€

ISBN: 978-989-95253-1-3

Daqui Houve Nome Portugal Antologia de verso e prosa sobre o Porto Organizada e prefaciada por Eugénio de Andrade

Daqui Houve Nome Portugal
Antologia de verso e prosa sobre o Porto
Organizada e prefaciada por Eugénio de Andrade
Direcção Gráfica de Armando Alves

100 textos – 21 pinturas – 105 fotografias – 23 gravuras

versão Portuguesa e Inglesa


Sinopse

Uma antologia ilustrada de textos literários onde os 1100 anos de baptismo cristão ganham corpo visível e palpitante. Lê-se ou folheia-se com uma adesão estranhamente saudosa a tanta vida, não se sabe a que ponto vivida por nós ou por outrem – como quem percorre um Álbum fotográfico, de família, com notas confidenciais de várias mãos. O Porto torna-se pessoa, acentua-se-lhe o carácter, nesta intimidade das suas memórias e impressões, do mais belo retrato das suas  pedras e gentes.

Os autores

Textos assinados por Fernão Lopes, Zurara, Camões, Fr. Luis de Sousa, Garrett, Herculano, Camilo, Arnaldo Gama, Ramalho, Julio Dinis, Oliveira Martins, Eça de Queirós, Alberto Pimentel, António Nobre, Raul Brandão, Pascoaes, Aquilino, Almada Negreiros, José Régio, Gomes Ferreira, Torga, Nemésio, Jorge de Sena, Agustina, etc.

Edição em português e inglês

Numero de páginas: 504

Formato: 22x18 cm

Peso: 1,900 kg

Encadernação: encadernado e com sobrecapa

PVP com IVA 85,00€

ISBN: 978-989-96050-7-7  (edição em português)

ISBN: 978-989-96050-6-0 (edição em inglês)

Artistas Retratam Escritores que Retratam Artistas


Prefácio de José-Augusto França
Direcção Gráfica de Armando Alves.
Coordenação de José da Cruz Santos



Sinopse

Entre o auto-retrato e o retrato de outrem, régio, burguês ou mundano, popular ou anónimo, por encomenda, oficio ou prazer, cabe uma espécie particular em que os retratados sobre os retratistas escrevem ou, por assim literariamente dizer, os retratam também e de propósito. Esta antologia de 17 retratos, pintados e escritos, em vice-versa de amizades e admirações – que em muitos casos , o autor igualmente ou mais ou menos partilha, confessando só ignorância três ou quatro vezes, de um lado ou do outro. 

Os autores:

Escritores: Almeida Faria, António Ramos Rosa, Baptista-Bastos, Bernardo Pinto de Almeida, Eugénio de Andrade, Fernando Lanhas, Fernando Pessoa, Francisco Duarte Mangas, Jorge Sousa Braga, José Saramago, José Viale Moutinho, Luisa Dacosta, Manuel António Pina, Mário Cláudio, Mário de Carvalho, Urbano Tavares Rodrigues e Vasco Graça Moura.

Artistas: Luis Manuel Gaspar, Luisa Gonçalves, João Abel Manta, Mário Cesariny, Julio Resende, Fernando Lanhas, Almada Negreiros, José Emidio, Albuquerque Mendes, Armando Alves, Siza Vieira, Cristina Valadas, José Luis Darocha, Jorge Pinheiro, Rogério Ribeiro, Armanda Passos e José Rodrigues.




Numero de Páginas: 88

Formato:  34x24 cm

Peso: 1420 gr

Encadernação: folhas soltas, apresentadas em estojo próprio de cartão.

PVP com IVA: 75,00€

ISBN: 978-989-95253-3-7